Divaldo Lara assina termo de cooperação técnica com IPHAE

por Agência Trabalhista de Notícias, em 14/05/2018

Cumprindo agendas em Porto Alegre, o prefeito de Bagé (RS), Divaldo Lara (PTB), anunciou uma novidade na quinta-feira (10). Foi concluído um termo de cooperação técnica com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado do Rio Grande do Sul (IPHAE) para que questões de tombamentos não necessitem mais passar por este órgão e fiquem sob responsabilidade única do município.

Na Rainha da Fronteira, o tombamento da poligonal foi realizado pelo IPHAE há nove anos. Os locais que estão dentro do inventário foram considerados de interesse de preservação por aspectos urbanísticos e mais de três mil imóveis foram tombados. "A maioria das propriedades não têm apelo histórico e causam prejuízo ao município e aos donos dos imóveis", enfatizou o prefeito.

No texto acordado entre as partes, as avaliações para tombamento não passarão mais pelo órgão em Porto Alegre. Toda responsabilidade será da administração municipal com colaboração do Conselho Municipal de Patrimônio Histórico de Bagé (Compreb). "Era um grande problema para o nosso desenvolvimento tudo ter que passar pelo IPHAE e não poder se mexer em nada sem a autorização do órgão", lembrou Divaldo.

O prefeito ressaltou que estão montando uma equipe de engenheiros e arquitetos para corrigir a situação e recuperar o prejuízo causado. Os tombamentos não ocorreriam mais por área e sim por por cada imóvel individualmente.